quinta-feira, 20 de junho de 2013

Um bom conselho para evitar embaraços


Nunca deduzam relações de parentesco entre o doente e acompanhante, ou seja, nunca perguntem, por exemplo,
É seu pai?
Podemos ter o azar de ouvir,
Não, é meu marido!
Ou então, pior ainda, o contrário,
É seu marido?
Não, é meu pai!
São vários os exemplos de relações de parentesco que podemos estabelecer, que causam embaraço para os 3 lados e que nos podem levar a pensar que mais valia estarmos calados...

Eu caí uma vez, desde então pergunto sempre: É seu familiar?
Assim já não corro riscos.

Sem comentários:

Publicar um comentário