quinta-feira, 19 de março de 2009

Caros Srs. Bombeiros


Caros Srs. Bombeiros,
Para mim um bombeiro é um colega de trabalho, companheiro de alegrias e tristezas. É alguém que valorizo, pela coragem, pela atitude, pela vontade de servir sem esperar contrapartidas. Concordo com o anónimo que disse que às vezes os enfermeiros são arrogantes para os bombeiros, não passará do mau humor acumulado devido ao stress da urgência, mas posso-lhe garantir que os enfermeiros respeitam o vosso trabalho.
O post anterior não se trata de um "bilhete para o circo", quis dar tempo de antena a todos, ninguém "abusou", realmente lavou-se alguma roupa suja, o que também é importante, apenas um ou dois comentários foram eliminados, mas agora é altura de parar, reflectir e agir (se assim o desejarem).
Muito do que por aqui se leu é polémico, nunca imaginei que este post ("Chamem o 112 para os BVVC") do senhor Oliveira originasse esta "rebelião". Sinceramente acho que deviam agradecer e não condenar, podem tornar tudo isto uma grande ajuda, pensem bem nisso!
Já reparei que poucos devem ser os bombeiros da corporação que não vieram dar a sua opinião, agora façam-no na vossa casa, no vosso meio, na vossa família, entre os vossos camaradas.
Solicitem uma reunião, falem com o vosso comandante, provavelmente ele espera ser abordado e concerteza vai ter em conta as vossas opiniões.
Critiquem de uma forma construtiva. Na vida, o que mais se valoriza é a humildade, exponham os problemas de uma forma assertiva, não procurem o conflito, unam-se.
Vejo tanta vontade, tanta energia, frustração, utilizem-na da melhor forma. Cada um deveria apontar num papel o que está mal, reflectir sobre isso, corrigir, voltar a escrever, reflectir mais uma vez e só depois expor.
Um apelo ao Senhor comandante, que provavelmente também deve ler o que por aqui é escrito, (se não lê, deveria, porque estão mencionados factos do seu interesse) utilize tudo isto como um contributo, não censure os seus bombeiros por se querem exprimir, reivindicar, melhorar. A culpa não é sua, nem deste ou daquele, é do vosso orgulho, da vossa competitividade exacerbada, mais uma vez canalizem toda esta energia para definitivamente colocar os bombeiros no lugar que merecem, que é lá bem no alto.
Para terminar, de facto ninguém valoriza quando se faz um bom trabalho, só quando algo corre mal é que se apontam os dedos, mas isto, meus senhores, é um mal geral, não pensem que é exclusivo dos bombeiros.
Good night and good luck
G.

21 comentários:

  1. Guilherme,

    Falaste muito bem! Mas tenho todo gosto em te relatar o dia-a-dia dos bombeiros:
    Incedio urbano num restaurante, quem está no quartel: Comandante (calhou ser depois da 17h e antes das 19h), 2º Cmdt (de passagem para Lios) Adj C ( aos berros com a centralista) e Adj P (no seu gabinete a armar mais alguma contra os motoristas), até aqui um dia normal!

    Centralista chama ao som bombeiros para ir para o incendio, do qual resulta:
    Comandante manda tocar sirene e foge para o gabinete! 2º Cmdt foge para o LIOS (o cafe/bar dos bombeiros), o Adj C desaparece e o Adj P nem se mexe do seu gabinete!

    Sabem que foi para o Incendio? O mecânico a conduzir o camião (nem bombeiro é!)um miudo bombeiro à meia duzia de dias e eu!

    Agora respondam-me se isto bate certo com o perfil do bombeiro do seu post?

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Sr º anónimo em resposta á sua ultima mensagem : O peixe morre pela boca( 06/01/09 cerca das 17H05) e já agora foram o mecánico como motorista e três bombeiros de 3ª classe...

    ResponderEliminar
  4. Quem lhe disse que foi em janeiro?????Sr peixe graudo!

    ResponderEliminar
  5. sr. guilherme ja agora quero rectificar aos 2 elementos intervenientes nessas mentiras anteriores pq eu estava presente e vi e alem do mais existe um relatorio para o provar.......... quero dizer que foram 4 elementos e nao 3 sendo um deles bombeiro de 2ªcom o nº 130 2 bombeiros de 3ª e um motorista que alem de ser mecanico e experiente tem todas as cartas possiveis , quanto a elementos do comando nessa altura nao vi la nenhum no quartel...
    em vez de vires para aqui com mentiras dá a cara, isto sim chama se difamar e querer mal aos bombeiros pq caso contrario nao vinhas dizer mentiras.
    nao e dessa maneira que solucionas os nossos problemas foste muito infeliz nas tuas palavras
    devias pedir desculpa

    ResponderEliminar
  6. Ao anónimo que lançou o comentário do incêndio e a postura dos graduados:

    Estes elementos estão tão enterrados, que já não sabem por onde fugir. Tenho conhecimento dessa situação e quando li a resposta dessa gente até me ri, fazem tantas aberrações, que já não sabem o que fazem.

    Tu anónimo, identifacas-te como um elemento do carro, e esses elementos que se dizem membros do comando, não vêm um palmo à frente da testa!

    Realmente era de identificar a saída, mas ias-te identificar. é obvio que apartir dessa altura, tinhas os dias contados na corporação.

    Quem não os conhecer, que lhes chame comando!!

    ResponderEliminar
  7. Caro Anónimo

    Infeliz foste tu! Se eu não disse em que dia foi como podez diser que estavas lá???Eu não tenho razoes nenhumas para estar a mentir! ISTO ACONTECEU E QUEM ESTAVA LA ERA EU!!! Conversa pelo quartel e vais ver como vais descobrir que isto foi verdade!

    Por isso infeliz não sou eu mas sim esta situação!

    ResponderEliminar
  8. Ola... Boa Noite... Venho aqui apenas deixar o meu comentário de forma honesta e construtiva... Vivo em Viana há 9 anos, sou Enfermeiro e actualmente trabalho no Pré-Hospitalar, portanto tenho algum conhecimento do terreno... O que se passa em Viana passa-se em Ponte da Barca, nos Arcos, em Ponte de Lima, em Santo Tirso, Faro e em muitas Coorporações por ai fora... É só escolher... Portanto é uma grande parte deles... Existem muitos comandantes como o de Viana que olham para a sua coorporação como se fosse a sua casa... mas a culpa não é só deles
    Bom por pontos.
    1- O mal na formação é geral... Eu tenho uma Licenciatura em Enfermagem, Cursos de Emergência nas mais diversas áreas e todos os anos faço formação, pois a Formação que o INEM dá é insuficiente mas essa responsabilidade é do INEM, da Escola Nacional de Bombeiros e de todos os que saem em auxilio das pessoas sem perceber minimamente o que está a acontecer, e que tem de se fazer rápidamente para estabilizar a vitima... Eu sem formação não o faria, é muito arriscado e perigoso mesmo para vocês próprios mas é a minha opinião;
    2- A vossa atitude´destruidora é impressionante... Há anos que me ofereci para integrar a Corporação de Viana, ao que inicialmente foi positivo e depois disseram-me que não precisavam de Enfermeiros...Nunca percebi muito bem pois se há falta de voluntariado, não precisam... E o que é que se vê... Enfermeiros recém-formados sem experiência clínica, sem formação especifica na área da Emergência acompanhados de TAS ou TAE´s, que têm uma formação de um mês e meio... E o que é que isso dá------ Asneira.... Mas eles coitados devem-no fazer de boa vontade, não é essa a questão... A questão é como o Abel campos disse, vocês até têm possibilidades de formação, mas têm de reconhecer essa necessidade e isso deve ferir o orgulho.... Tenho pena de ver os meus colegas Enfermeiros a entrarem por estes caminhos , pois a Emergência Pré-Hospitalar é um mundo de grande responsabilidade uma vez que lidámos com crianças, adultos e idosos, muitas vezes em situação de perigo de vida, acidentes graves, situações multivitimas, e o que é que vocês fazem, pedem ajuda e vem o INEM que vocês tanto criticam, ajudar a resolver um problema que vocês não conseguem resolver... enfim não perçebo como é que o fazem sem Formação. Isso até perdou-o, pois é voluntário, é da vossa boa vontade enbora a boavontade não salve vidas agora a falta de valores que demonstram nomeadamente a arrogância e a prepotência, proporcional á vossa falta de conhecimento isso não.
    3- O futuro.... Bem esse passárá pela porfissionalização quer os Bombeiros, Cruz Vermelha, TAE´s, queiram quer não... E isso não passa por mais Ambulâncias e para quê...
    Monitor desfibrilhador, para quê se não o sabem usar...
    Administrar Terapêutica com Formação de 10 horas... Meios sem formação não salvam pessoas...

    Mais importante de tudo valores... Não se ataquem a vós e a todos os que trabalham na Emergência, pois assim apenas conseguem o descredito de vocês e das Instituições que representam;
    Agora ou trabalham com profissionalismo ou não o façam e deixem trabalhar quem sabe... Vocês têm essa opção.

    Espero não ferir susceptibilidades...

    Boa noite

    ResponderEliminar
  9. um enfermeiro com a tua qualidade e exigência, não é bem vindo naquele quartel. Há casos que não é falta de formação, ha elementos com formação, muito profissionais no que fazem, e tu sabes disso, mas esses elementos para trabalhar precisam de acompanhar as novas exigências, por vezes com material especifico, demorar o tempo necessário para avaliação e transmissão de dados, mas ha lá gente que foram incumbidos de responsaveis, que tratam os competentes por doutores, e ateimam, como responsaveis em não facilitar os elementos competentes e com a mesmo visão que tu. E como depois falta elementos na escalas, qualquer um serve para ocupar lugar.
    estás a entender porque não te quiseram?

    ResponderEliminar
  10. Há bons profissionais (TAE e TAS)mas também há muitos que são umas verdadeiras nódoas, arrogantes e ainda por cima com a mania que sabem alguma coisa, cometendo enormes e graves irresponsabilidades. E muitos agora acham que os enfermeiros elementos dispensáveis no PH.
    Deveriam existir nos bombeiros elementos bem formados, com uma vertente mais virada para o combate a incêndios (óbviamente), para o trauma, com formação específica em resgate de vítimas, técnicas de desencarceramento, transporte de vítimas, etc... e depois trabalharmos (INEM e Bombeiros) todos em equipa / para o mesmo. Essa ideia (à USA) de paramédicos medicalizados (que muitos bombeiros sonham) não funciona em Portugal, não é necessária e trata-se de um verdadeiro disparate.
    A formação dos bombeiros deveria ser mais exigente e profissionalizada, deveria existir inclusivamente um curso superior (condição obrigatória para os mais graduados.
    Os voluntários deveriam continuar, mas ser apenas para ajudar...os outros, seria até um dever cívico ( a substituir o militar)!
    A entrada de enfermeiros para os bombeiros tem sido completamente desaproveitada (pelos enfermeiros e pelos bombeiros).
    Ninguém deve ter medo de substituir ninguém nem de ser substituido!
    Defendo que onde existam cuidados de saúde a prestar devem existir técnicos de saúde, mas o PH não se limita a cuidados directos de saúde!
    Um grande abraço a todos os colegas e amigos da solidariedade pelo outro: enfermeiros, bombeiros, médicos, e outros ...

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  13. Tenho pena que a minha resposta ao enfermeiro que mora em Viana a 9 anos não tenha sido publicada... Não foi mal educado , só disse a verdade

    ResponderEliminar
  14. quando as pessoas sao boas no que fazem nao devem ter medo de casais maravilha, o problema e que essas pessoas se julgam melhores que todos e na realidade nao valem nada dai serem excluidos e depois ficam perdidos e diparam para todos os lados. estudai e pode ser que sereis alguem na vida........... como diz o bimbo da costa..digo eu de que...

    ResponderEliminar
  15. Caro administrador do blogue penso que da mesma forma como retirou determinados comentários que continha nomes, devia retirar também os menos próprios. Saiba o sr que dada a sua popularidade o seu blogue tem sido seguido com muita atenção, por isso gostava que tivesse em consideração o seguinte: qq comentário feito no seu blogue é da sua inteira responsabilidade, ainda mesmo que anónimo o sr assume as responsabilidades dos posts de outras pessoas, responsabilidade inclusive penal/criminal.

    ResponderEliminar
  16. Ainda vou estar por aqui mais alguns anos... Se Deus quiser:)

    E continuarei a ser bem educado... Pois antes de ser ser o que sou, fui educado para respeitar todas as pessoas... e com elas interagir... Depois fui treinado para fazer a diferença ajudando quem mais precisa...

    Não faz parte de mim destruir... Estou cá para dizer a verdade por muito que ela custe "ver"...
    Boa noite... Até breve:)

    ResponderEliminar
  17. Para conhecimento geral
    Os técnicos de emergência médica(paramédicos)com 1600 horas de formação, vai ser uma realidade a curto prazo.
    Sou Enfermeiro com o curso de TAS e posso dizer que na minha licenciatura em enfermagem, não aprendi nada de emergência pré-hospitalar. O que aprendi foi na ENB no curso TAS. Por isso acredito na futura carreira profissional, para se puder dizer: Técnicos de emergência médica no pré-hospitalar e enfermeiros no intra-hospitalar.

    ResponderEliminar
  18. alguem te perguntou alguma coisa ?
    ou estas a dizer que tambem te aproveitas dos bombeiros para subires na vida ?
    que eu saiba os enfermeiros nao tem acceço a escola n. bomb.
    estavas tambem caladinho

    digo eu de que

    ResponderEliminar
  19. a curto prazo estao abertas inscriçoes para ecin e elac
    e mais nao digo

    digo eu de que

    ResponderEliminar
  20. que silençio
    quem foi que vos mandou calar ?

    ResponderEliminar